Casa de Charme Experiências em Paraty

Sobre Paraty

Passeios de Barco

Baleeiras na baia de Paraty 

Praia Vermelha

Praia da Lula

Existem duas formas de fazer passeios de barco: em escuna junto com outras pessoas ou alugando um barco apenas para você (lancha, baleeira, veleiro ou bote com motor de popa). Recomendamos: Preferimos alugar baleeiras ou lanchas levando seu próprio piquenique, pois as escunas estão saindo muito cheias e barulhentas.

Sugestão de roteiro no mar: iniciem o passeio com uma parada na Praia Vermelha (há bar com comida simples) e/ou na Praia da Lula (sem quiosque, porém muito bonita), sigam para a Lagoa Azul no Saco da Velha (no Saco da Velha há opções de almoço no restaurante do “Hiltinho”, mais refinado e com belíssima vista, ou no restaurante/bar “Paixão do Vivinho”, onde tem praia).

Valores e indicações de barcos: você pode escolher sem nenhum problema o barco que mais lhe agradar indo diretamente no cais ou na beira do rio Pereque-Açu. Uma baleeira custa em média de R$ 100,00 a R$ 120,00 por hora e, uma lancha entre R$ 200,00 e R$ 500,00 por hora (dependendo do tamanho). Em alta temporada, o ideal é reservar com pelo menos dois dia de antecedência. Em baixa temporada pode reservar no mesmo dia (para ter certeza de tempo bom).

Abaixo algumas indicações de bons barqueiros:

– Barco Jéssica: baleira grande e confortável (Jordano 24 99999-9680 www.barcojessica.com.br)
– Barco Manati: baleeira confortável (Pablo 24 99951-1242)
– Barco Latitude: baleeira confortável (André 24 99999-9858)
– Palombeta: empresa que possui lanchas de vários tamanhos e marinheiros bem treinados: (24) 99975-7859 (www.palombeta.com)

Teatro Espaço

Teatro de bonecos para adultos, num simpático teatro de câmera, dentro do centro histórico. Apresentações toda quarta sábado e feriados. Endereço: Rua D. Geralda, 327, Centro Histórico. Telefone: (24) 3371-1161, site: www.ecparaty.org.br

Cachoeiras

Poço dos Ingleses

Pedra Branca

Tobogã

Recomendamos: as da Pedra Branca e Poço dos Ingleses, pois possuem fácil acesso e, no caminho ainda é possível visitar os Alambique da Pedra Branca e Paratiana ou, ainda, a
Fazenda Bananal.

A estrada até o Poço dos Ingleses está toda pavimentada, o que a torna mais visitada que a cachoeira da Pedra Branca. Esta última está localizada a dois quilômetros depois do Poço dos Ingleses, seguindo pelo mesmo caminho, porém parte dele não está pavimentado e, por isso, não é recomendável fazê-lo em dias posteriores a chuva forte. Todos os pontos mencionados aqui podem ser localizados no Goolge Maps.

Caminho do Ouro

Estrada calçada com pedras, por onde chegava o ouro vindo de Minas Gerais. Essa trilha tem inicio no bairro do Penha, junto à cachoeira do Tobogã (rodovia Paraty-Cunha). O percurso pode ser feito sozinho e envolve subir e descer pelo mesmo caminho. Tempo aproximado de caminhada: de uma a três horas (depende do quanto quiser subir).

Como chegar: a partir do trevo da rodovia Rio-Santos localizado na entrada de Paraty, siga pela estrada Paraty-Cunha por 7,8 Km. A cachoeira do Tobogã e o início do Caminho do Ouro encontram-se ao lado da Igreja da Penha, onde há local de estacionamento.

Praias com acesso a carro

Prainha (da Praia Grande)

Prainha vista do mar

Prainha da Praia Grande

Prainha vista do bar

Pequena praia com um único quiosque. Localizada a cinco minutos a pé da vila de pescadores da Praia Grande, separada dessa por uma península.

Como chegar: a partir do trevo da rodovia Rio-Santos localizado na entrada de Paraty, siga pela BR 101 (Rio/Santos) sentido Rio de Janeiro por dez quilômetros até a comunidade da Praia Grande. Entre na Praia Grande, estacione o carro e siga a pé até a Prainha (cinco minutos de caminhada)

São Gonçalo

Praia de São Gonçalo vista do mar

Praia de São Gonçalo

Praia da Ilha do Pelado

Extensa praia (2.650 metros) de mar calmo e sem aglomeração. Pode-se parar o carro em vários pontos da praia. No canto mais ao norte, onde deságua o rio São Gonçalo, há dois bares e é daí que partem os pequenos barcos com destino à ilha dos Pelados – logo em frente- onde além de ótimas praias há quiosques.

Como chegar: a partir do trevo da rodovia Rio-Santos localizado na entrada de Paraty, siga pela BR 101 (Rio/Santos) sentido Rio de Janeiro por aproximadamente 30 quilômetros (acesso pelo km 545 da BR-101).

Paraty-Mirim

Vista aérea da praia e do rio

Praia de Paraty-Mirim

Igreja na praia de Paraty-Mirim

Praia extensa (760 metros) com mar sempre calmo e cortada aproximadamente ao meio pelo rio Paraty-Mirim. Há dois ou três quiosques simples na praia. Paraty-Mirim é o nome da praia e da comunidade existente nas proximidades. Durante o período colonial, o local foi porto de desembarque de escravos. Algumas lembranças desse tempo são a pequena e bela Igreja de Nossa Senhora da Conceição, construída em 1746, e ruínas de vários outros casarões. A estrada de terra para acesso à praia de Paraty-Mirim corta uma reserva indígena e passa por algumas piscinas naturais.

Recomendamos: o lado da praia depois do rio é mais bonito e mais deserto. Há opções de passeios de botes motorizados para o Saco do Mamanguá saindo da praia de Paraty-Mirim.

Como chegar: a partir do trevo da rodovia Rio-Santos localizado na entrada de Paraty, siga pela BR 101 (Rio/Santos) sentido São Paulo por 9,6 quilômetros. Entre a esquerda na estrada de terra (km 593 da rodovia Rio-Santos). Paraty-Mirim está distante 17,2 km de Paraty sendo 9,6 km de asfalto (Rio-Santos) mais 7,6 km por terra. 

Fazenda

Vista aérea da praia e do rio 

Praia da Fazenda 

Praia da Fazenda

Localizada em Ubatuba, aproximadamente dez/quinze quilômetros depois da divisa Paraty/Ubatuba. É uma praia, extensa, de areia fina e dura, situada dentro de uma reserva ambiental, sem quiosque e pouco frequentada (mesmo em feriados) apesar de sua beleza. Não é permitido animais de estimação. À esquerda, no final da praia, as águas de um belo rio se encontram com o mar, formando um mangue.

Como chegar: a partir do trevo da rodovia Rio-Santos localizado na entrada de Paraty, siga pela BR 101 (Rio/Santos) sentido São Paulo por aproximadamente 35 quilômetros (km 11 da BR-101). Situada logo depois do vilarejo de Picinguaba

Trindade

Praias do Meio e do Cachadaço

Praia do Rancho

Praia do Meio

Pequena vila caiçara localizada a 25 quilômetros de Paraty possuindo seis das mais belas praias da região, com mar aberto e águas límpidas.

Recomendamos: No final da última praia (Praia do Cachadaço), há uma piscina natural cercada por rochas – a Piscina do Cachadaço – onde se chega a pé, caminhando por trilha entre a vegetação, ou de botes que saem da Praia do Meio. Em Trindade você poderá curtir quiosques com refeições e artesanatos. Na praia do Cepilho é possível a prática de surf.

Praia do Sono

(Acesso por carro + trilha de uma hora)

Vista aérea da praia e do rio 

Praia do Sono 

Praia do Sono 

Belíssima praia de areia branca, extensa, quase selvagem, com várias amendoeiras e alguns pequenos restaurantes rústicos em casas de pescadores. Vale muito a pena a excursão, tanto pela bela praia quanto pela trilha de aproximadamente uma hora (carros não chegam até a praia). O acesso é a partir de Laranjeiras, condomínio de luxo privado, próximo à Trindade.

Como chegar: Pode-se ir de trilha ou bote, ambos iniciando na Vila do Oratório (vizinha ao condomínio Laranjeiras). A trilha é sinalizada e, uma vez nela, não há como errar. Informe-se na portaria do condomínio sobre telefones de barqueiros que levam por mar ao invés de fazer a trilha. Se não quiser voltar de novo pela trilha, na mesma Praia do Sono, há opção de voltar em botes.

Paraty para as Crianças

Sítio Mata Atlântica 

Paraty Sport Aventura 

Flora Paraty

Paraty Sport Aventura: é o maior parque de arvorismo do Brasil, com percursos para crianças e adultos, tirolesa, rapel, lanchonete, área verde para piquenique e caiaques. Organiza excursões para a prática de canyoning. Localizado na beira da Rodovia Rio-Santos, a um quilômetro do trevo de entrada de Paraty. Telefones: (24) 3371-5085 ou (24) 98821-9644. Site: www.paratysportaventura.com

Fazenda Bananal: a antiga Fazenda Murycana foi restaurada e adaptada para exposição de plantas e animais criados de forma sustentável. Para os pais, há um excelente restaurante cujos ingredientes são produzidos no local. Site: www.fazendabananal.com.br

Cinema da Praça: moderno cinema em um antigo casarão colonial no centro histórico. Além de lindo é gratuito! Veja programação no Facebook (página “Cinema da Praça Paraty”)

Sítio Mata Atlântica: possui lagos para pesca (fornece o equipamento necessário), piscina natural com escorregador, restaurante, bastante área verde. Localizado no bairro Barra Grande, a 18 km ao norte de Paraty pela rodovia Rio-Santos (km 558,5), mais 1,8 km pela estrada da Barra Grande. Telefones: (24) 3371-1387 / 9943-8118 / 9943-7050

Flora Paraty: criação de bromélias e venda de plantas ornamentais num belo espaço. Localizado na BR 101, próximo ao trevo de entrada para Paraty. Site: www.bromelias.com.br

Casa da Cultura: localizada no centro histórico possui um simpático café e exposições de obras, além de várias atividades culturais. Fecha nas segundas-feiras.

Forte Defensor Perpétuo: forte histórico com museu, canhões e uma belíssima vista. Podese banhar numa pequena praia acessível pelo forte. Caminhada de 20 minutos a pé desde o centro histórico. Fecha nas segundas-feiras.

Alambique Maria Izabel

Seja pela excelência da cachaça (entre as dez melhores do Brasil de acordo com o ranking anual da revista Playboy) ou pelo belíssimo alambique situado num sítio a beira mar, este é um bom passeio para os apreciadores ou curiosos sobre o assunto. Possui capacidade/produção de até 15.000 litros/ano. Aberto para visitação e compra de cachaça diretamente com o produtor (recomenda-se agendar a visita 24 9999-9908). Localize pelo Google Map.

Centro Histórico

Reservem pelo menos meio dia para visitar os pontos turísticos no centro histórico. A cidade fica especialmente bonita no fim da tarde e com o cair da noite.

Passeio pelos Ateliers

(Ideal para dias chuvosos)

Devido à tranquilidade de se viver em Paraty e ao cenário propício – tanto natural como arquitetônico – há muitos artistas na cidade. No mapa acima está uma seleção (pessoal) onde você poderá conhecer, apreciar e comprar (se desejar) verdadeiras obras de arte. Este é um programa que pode ser feito em qualquer tempo, mas muito bom em dias de chuva, quando outros passeios ficam inviáveis.

Alimentação

Restaurantes diferenciados no Centro Histórico

Quintal das Letras
Comida Contemporânea

Banana da Terra
Comida Regional

Refúgio Comida
Regional

Pipo
Comida Italiana

Punto Divino
Comida Italiana e Pizzas

La Dolce Vita
Comida Italiana e Pizzas

Thai Brasil
Comida Tailandesa

Restaurantes próximos ao mar

Hiltinho
Ilha do Algodão

Cheiro de Camarão
Barra do Corumbê

Quiosque São Francisco
Praia Grande

Restaurantes na Mata Atlântica

Le Gite de Indaiatuba
Graúna

Fazenda Bananal
Ponte Branca

Cafés e Lanchonetes

Gelateria Pistache
Centro Histórico

Café Pingado
Centro Histórico

Manuê Lanches
Próximo ao centro

Livraria das Marés
Centro Histórico

Van Gogh Hamburgueria
Centro Histórico

Aproveite também o dia de partir!

Não deixe de aproveitar o dia de partir, mas antes das dicas, alguns cuidados:

– Não deixe louças sujas na cozinha, pois a faxineira costuma não vir no mesmo dia e isso poderá atrair insetos e deixar a casa com mal cheiro;

– Junte todo lixo em sacos e feche-os bem;

– após arrumar as malas, dê uma última volta pela casa para ver se não esqueceu algo (principalmente cabos carregadores);

No caminho de volta para casa, você pode aproveitar para conhecer praias, cachoeiras e restaurantes incríveis, já com as malas no carro para seguir viagem.

Quem volta para São Paulo tem duas opções de caminhos: a estrada que passa por Cunha ou a rodovia Rio Santos em direção à Ubatuba (e depois entra na Rod. Oswaldo Cruz em direção à Taubaté):

– Na estrada de Cunha você pode se programar para almoçar no restaurante da Fazenda Bananal em Paraty, onde além da excelente comida há passeios pela fazenda e cachoeiras bem próximas ou, almoçar num restaurante em Cunha e conhecer o Lavandário ou Contemplário;

– na Rodovia Rio Santos, entre Paraty e Ubatuba, estão algumas das mais bonitas praias do Brasil. Ainda em Paraty, você pode ir nas praias de Trindade e almoçar por lá. Também pode parar nas seguintes praias de Ubatuba – todas a menos de três quilômetros da rodovia Rio/Santos: Camburi (a entrada fica em frente à Cachoeira da Escada, na beira Rio Santos e fácil acesso para um banho de água doce), Estaleiro, Promirim, Praia do Felix e Itamambuca.

Quem segue em direção ao Rio de Janeiro, pode almoçar no restaurante São Francisco na Praia Grande (10 km de Paraty) ou tomar um banho de mar na praia de São Gonçalo.

Serviços

MASSAGENS
Kiome: 99919-0093 (atende na casa do cliente)

DISQUE ENTREGAS
Pizzaria Mama Mia: 3371-4284
Comida Japonesa (Kami Sama): 3371-6111
Marmitaria (apenas almoço): 98108-1046
Empanadas: 99962-1376

EMERGÊNCIAS
Santa Casa / UPA (Pronto-Socorro): 3371-1623 (gratuito)
Samu (serviço de ambulância): 192 (gratuito)
Polícia Militar: 190
Bombeiro: 193 / 3371-1193
Defesa Civil: 199
Ampla/Enel (energia): 0800-704-0120
Águas de Paraty (fornecimento de água): 0800-023-1541 ou 3371-1151

OBSERVAÇÃO: para atendimento médico emergencial, como acidentes ou dores fortes, a Santa Casa de Paraty (próximo ao centro histórico) tem prestado um ótimo serviço e é gratuito (único ponto negativo é que as vezes pode demorar um pouco para ser atendido, dependendo do movimento na hora de chegada)

Calendário Turístico e Cultural de Paraty 2021

[Placeholder Calendário Turístico e Cultural de Paraty 2021​]

Compartilhe: 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp